sábado, 14 de novembro de 2015

Vale cancela viagens de trem no Espírito Santo devido a protesto em ferrovia em Minas Gerais.




Devido a um bloqueio realizado durante o protesto de índios na Estrada de Ferro Vitória a Minas, em Minas Gerais, na manhã de hoje, em Tumiritinga, as viagens que sairiam da Estação Pedro Nolasco, em Cariacica, no Espírito Santo, foram canceladas. A Vale informou que as operações de cargas e passageiros foram suspensas por tempo indeterminado e que passageiros poderão remarcar viagens ou pedir reembolso.
O município é banhando pelo Rio Doce, que foi atingido pela lama proveniente do rompimento de duas barragens da mineradora Samarco, que pertence a Vale e a anglo-australiana BHP Billiton, em Mariana. Entre as reinvindicações estão o abastecimento com água potável, a elaboração de um programa de recuperação do rio e a garantia de assistência aos pescadores.
O rompimento de duas barragens de rejeitos de minério da Samarco aconteceu no dia 05 de novembro e causou uma enxurrada de lama no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na Região Central de Minas Gerais. A lama também chegará ao Espírito Santo e deve afetar o abastecimento de água de Baixo Guandu, Colatina e Linhares.

Capixaba relata momentos de tensão após ataques terroristas em Paris.




A capixaba Dulcinéia Zumach acompanhou de perto momentos de tensão após ataques terroristas que deixaram mais de 127 mortos e 180 feridos em Paris, na França, ontem, sexta-feira 13. Hospedada em um hotel próximo a torre Eiffel, Dulcinéia e a irmã, Rosa Lemos, estavam na Avenida Champs Elysee, uma rua famosa de Paris quando viu uma movimentação diferente. 
Ela estava na abertura do Natal Luz, perto do Arco do Triunfo. Depois que desceu do metrô, viu muitas ambulâncias e viaturas e foi para o hotel. Ao chegar ao hotel, ela foi informada que estava tendo ataques terroristas em vários pontos da cidade. 
Um deles era a casa de Shows “Bataclan”, onde mais de 100 pessoas foram feitas reféns. Assim como a capixaba, os turistas do hotel foram orientados a não deixar o local até a ordem de autoridades. 

Governo do Espírito Santo cria comitê gestor da crise ambiental na bacia do Rio Doce.




O Governo do Espírito Santo criou o Comitê Gestor da Crise Ambiental na Bacia do Rio Doce, anunciado hoje, para prevenir danos maiores a municípios capixabas que serão afetados pela lama das barragens de Mariana, Minas Gerais. O decreto será publicado na próxima segunda-feira no Diário Oficial, mas as atividades do grupo têm início imediato. O rompimento de duas barragens de rejeitos de minério da Samarco, cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP, aconteceu no dia 05 de novembro e causou uma enxurrada de lama no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na Região Central de Minas Gerais. A lama também chegará ao Espírito Santo e deve afetar os municípios de Baixo Guandu, Colatina e Linhares.

O objetivo do comitê é acompanhar as ações de socorro, assistência, resposta e mitigação ao desastre, bem como para reestabelecimento dos serviços afetados, de recuperação dos ecossistemas e de reconstrução por conta  da lama de rejeitos. O comitê irá atuar como uma força-tarefa do estado e será vinculado à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Este grupo deve ainda agir em cooperação com órgãos e entidades do poder público municipal, estadual e federal.
Além do secretário de Estado do Meio Ambiente, Rodrigo Júdice, também fazem parte do Comitê o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Octaciano Neto; o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar; Coronel Carlos Marcelo D’Isep Costa; comandante do Batalhão de Polícia Ambiental, Tenente Coronel Francisco José Silva Gomes; a diretora- presidente do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Sueli Tonini; o diretor-presidente da Agência Estadual de Recursos Hídricos, Paulo Paim; e o procurador geral do Estado, Rodrigo Rabello.

Samarco propõe captar água subterrânea para ajudar cidades do Espírito Santo.




A empresa Samarco, cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP, apresentou à Agência Estadual de Recursos Hídricos a proposta de captar água subterrânea, que fica entre rochas. A medida é para ajudar a manter o abastecimento em Baixo Guandu e Colatina, os municípios capixabas que serão os mais atingido pela lama das barragens que se romperam em Mariana, Minas Gerais.
O rompimento de duas barragens de rejeitos de minério da Samarco aconteceu no dia 05 de novembro e causou uma enxurrada de lama no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na região Central de Minas Gerais. A lama também chegará ao Espírito Santo e deve afetar os municípios de Baixo Guandu, Colatina e Linhares. Segundo o presidente da Agência Estadual de Recursos Hídricos, Paulo Paim, os primeiros estudos foram iniciados ontem.
Por meio de nota, a Samarco também informou que seus representantes vêm se reunindo com as autoridades de várias cidades do Espírito Santo, inclusive Colatina, com o propósito de alinhar e reportar as medidas adotadas pela empresa para ajudar no abastecimento de água dos municípios próximos o Rio Doce. Análises da qualidade da água continuam sendo feitas ininterruptamente.

Quase 40 milhões de veículos já pagaram pedágio na BR-101.




De 18 de maio de 2014 até o último dia de outubro deste ano, 38 milhões, 222 mil e 765 veículos já pagaram pedágio nas 07 praças da rodovia BR-101, exploradas pela Concessionária Eco 101. O tráfego em agosto e setembro, em relação a julho, mês de férias, caiu em agosto e em setembro. Em outubro o volume de tráfego aumentou 1% a mais que em julho.  

Em agosto, 02 milhões, 80 mil e 110 veículos diversos pagaram pedágio, contra 02 milhões, 101 mil e 249 em setembro, um aumento de 21 mil e 139 carros. Em outubro o volume subiu para 02 milhões, 216 mil e 750 veículos, 115 mil e 501 a mais que setembro. O período de 532 dias de cobrança da tarifa (maio/14 a outubro/15) corresponde a um tráfego diário de 71 mil e 847 veículos por dia nas 07 praças, equivalente a 02 mil e 994 carros por hora, ou 50 por segundo, média que vem sendo mantida desde o início da cobrança.  

Os dados oficiais da Eco 101 computam os veículos que pagaram na hora e os que se utilizam da cobrança automática. A praça de pedágio mais movimentada em outubro foi a de Serra, seguida de Itapemirim, Guarapari, Aracruz, São Mateus, Mimoso do Sul e Pedro Canário.

Aracruz inaugura nova sede da Central de Videomonitoramento.




Foi inaugurada em Aracruz a nova sede da Central Integrada de Videomonitoramento, com equipamentos de última geração. O local é o anexo ao Núcleo de Tecnologia da Informação. A Central Integrada de Videomonitoramento de Aracruz funciona durante 24 horas, com a equipe formada por 06 operadores e 01 supervisor de turno, que monitoram 64 câmeras, sendo que dessas, 24 foram contratadas pela prefeitura com recursos próprios e 40 vieram do Governo do Estado, por meio do programa Olho Digital.  

O local de instalação das câmeras foi definido a partir do mapa da violência e seguiu critérios como maior concentração de pessoas e necessidades das comunidades.  De dezembro de 2014 a outubro deste ano, a equipe de videomonitoramento registrou 460 ocorrências, sendo 45% por tráfico de drogas, 13% ocorrências de acidentes de trânsito, 5,2 % de brigas e 1,2% de atentado ao pudor.  Nesse período foram feitos 93 atendimentos às polícias civil e militar. Em caso de ocorrências, o cidadão poderá buscar informações no local.

Pastor de Piúma é preso em Itapemirim acusado de abusar de 03 mulheres.




Antônio Rodrigues da Silva, de 35 anos, que se apresentava como pastor no balneário de Piúma, no Sul do Estado, foi preso pela Polícia Civil, acusado de ter abusado de pelo menos 03 mulheres em Piúma. Antônio, segundo a polícia, abusou de 03 mulheres, com 19, 27 e 33 anos, no mês de outubro em Piúma.  
De acordo com o delegado de Piúma, Geraldo Pessanha, o homem foi preso em Itaoca, balneário de Itapemirim, depois que as vítimas o reconhecerem por meio de uma fotografia. A Polícia Civil divulgou a foto do homem para que outras vítimas possam identificar e registrar queixa contra o acusado.  
Antônio, que afirma ser pastor de uma igreja evangélica, é casado e tem 02 filhos. Ele trabalharia também como representante comercial. A polícia investiga se o pastor, que veio de Minas Gerais e estaria a 03 anos no Estado, tem passagens pela polícia. Pelos crimes de 03 abusos e roubos, o pastor pode pegar mais de 50 anos de prisão.

Cachoeiro de Itapemirim ocupa primeiro lugar em casos dengue no Sul do Estado.




Desde agosto, Cachoeiro avançou do 4º para o 1º lugar no Sul do Estado em número de notificações de dengue. Três casos de morte pela doença foram notificados e estão sendo investigados. A informação foi divulgada pela Superintendência Estadual de Saúde em audiência pública sobre a situação da dengue no município, realizada na última quinta-feira, pela Comissão de Saúde da Câmara.  
O presidente da Comissão, vereador Rodrigo Enfermeiro, do PSB, ficou satisfeito com o resultado da audiência, onde reuniu várias propostas para o combate à doença. As propostas apresentadas durante a audiência serão reunidas em um documento, que será encaminhado ao município e ao Ministério Público.  
Entre elas, destacam-se: a necessidade de uma campanha na mídia para conscientizar e orientar a população sobre os cuidados em casa e os riscos da doença; criação de mais equipes de educação continuada sobre dengue na escolas, com mais enfermeiros, para agir junto às crianças; contratação de mais agentes de endemias com urgência e aquisição de material de trabalho; e instalação de postos de hidratação em unidades de saúde nos bairros e distritos. 

Exército vai controlar distribuição de água em Colatina e Baixo Guandu.




O Exército vai controlar a distribuição de água para a população de 40 reservatórios de 10 mil litros cada que o governo do Estado irá implantar em alguns pontos das cidades de Colatina e Baixo Guandu amanhã.  

Essa distribuição de água é necessária por causa do rompimento de duas barragens de rejeitos de minério da Samarco, cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP, que aconteceu no dia 05 de novembro e causou uma enxurrada de lama no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na Região Central de Minas Gerais.  

A lama vai chegar ao Espírito Santo e deve afetar o abastecimento de água de Baixo Guandu, Colatina e Linhares. Quatrocentos mil litros estarão à disposição dos municípios, garantindo o abastecimento que está ameaçado com a proximidade da lama de rejeitos que está seguindo pelo Rio Doce. Os reservatórios de armazenamento de água potável foram doados pela empresa Fortlev. Além disso, para garantir o abastecimento, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto em Colatina está buscando água na Lagoa do Batista para tratá-la e utilizá-la quando não for possível utilizar a água do Rio Doce.

Ônibus pega fogo na Rodovia do Contorno, em Cariacica.




Um ônibus particular pegou fogo na manhã deste sábado, na Rodovia do Contorno, próximo ao bairro Nova Rosa da Penha, em Cariacica, na Grande Vitória, devido a uma pane elétrica. Ninguém ficou ferido.  

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o Corpo de Bombeiros atendeu a ocorrência na manhã de hhoje e apagou o fogo. No ônibus estavam cerca de 45 passageiros, que conseguiram sair do local sem ferimentos.

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Homem morre e mulher fica ferida em acidente na BR-101, em Aracruz.




Um homem morreu e uma mulher ficou ferida em um acidente envolvendo 02 veículos de passeio na tarde de ontem, em Aracruz. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o carro em que estavam as vítimas entrou no cruzamento sem dar seta e colidiu com o veículo de um soldado recém-formado da Polícia Militar que não conseguiu frear.  
A vítima, identificada como Arcísio Conte, de 55 anos, morreu na hora.  A esposa da vítima, Romária Ferraz de Araújo, de 43 anos, ficou gravemente ferida e foi levada inconsciente para o Hospital Geral de Linhares.  
A Polícia Rodoviária Federal informou que ela está fora de perigo. Já o soldado da Polícia Militar, de 24 anos, não sofreu nenhum ferimento, mas recebeu atendimento médico da Eco-101. Apesar de ter ficado bastante lento, o transito no trecho do acidente não precisou ser interditado. 

Baixo Guandu decreta estado de calamidade pública antes da lama.




O prefeito Neto Barros decretou, nesta sexta-feira 13, estado de calamidade pública nas áreas afetadas pela estiagem que já dura vários meses em Baixo Guandu, no Noroeste do Espírito Santo.

O comunicado, publicado no site da prefeitura de Baixo Guandu, informa que a situação será agravada com a chegada da lama das barragens da Samarco, cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP, no Rio Doce. No decreto, que já está em vigor, o prefeito proíbe todas e quaisquer condutas abusivas que contribuam para o desperdício de água no município.


“Estão proibidas desde lavagem de carros e calçadas até as captações superficiais de água destinadas a todo e qualquer uso, exceto para consumo humano”, diz o documento. As determinações têm duração de seis meses e não podem ser prorrogadas.

Acidente deixa dois feridos e presos às ferragens na Avenida Vitória, no Espírito Santo.




Um acidente entre 02 carros, ontem à noite, em um cruzamento da Avenida Vitória, na capital do Espírito Santo, deixou um casal ferido. O homem e a mulher que estavam em um Corsa, estavam brigando e com sinais de embriaguez no momento do acidente. Eles ficaram presos às ferragens. Segundo Flaviana França, que estava no outro carro envolvido no acidente, um Citroën C4 prata, com o marido e o filho de 02 anos, a batida foi provocada pelo Corsa, que ultrapassou o sinal vermelho.  

Mesmo após o acidente, o motorista continuou discutindo com a companheira. O resgate das duas vítimas, que ficaram presas às ferragens, demorou mais de 30 minutos. De acordo com o tenente Constâncio, do Corpo de Bombeiros, o atendimento foi prejudicado pelo humor visivelmente alterado do motorista.  

O casal não estava usando o cinto de segurança e era possível sentir odor de álcool dentro do veículo. O acidente foi causado por um desentendimento do casal e distração do motorista. O trânsito ficou interrompido na avenida Vitória durante o período do resgate. As vítimas foram levadas ao Hospital São Lucas, na capital. 

Dilma exige que Samarco construa adutoras no Espírito Santo.




Em visita à Colatina ontem, a presidente Dilma afirmou que a mineradora Samarco vai ter que arcar com todas as consequências do desastre ambiental em Mariana. Dilma disse que vai exigir que a Samarco construa duas adutoras para levar água para as cidades capixabas que terão o abastecimento prejudicado com a chegada da lama.  


Dilma também anunciou que o Governo vai tomar medidas nas barragens de Mascarenhas e Aimorés, em Minas Gerais, para atrasar a vinda dos rejeitos das barragens de Mariana. A presidente fez críticas à Samarco, afirmando que a empresa precisa ser mais proativa em lidar com os danos causados pelo rompimentos das barragens em Mariana.  


Dilma conversou com Paulo Hartung, que entregou para ela um projeto de Sebastião Salgado sobre a recuperação do Rio Doce. Para o governador do estado, a reunião com Dilma foi proveitosa e um grande passo para amenizar o problema foi dado. Foi demonstrado preocupação com a foz do Rio Doce. 

Prefeitura retira máquinas e libera Estrada de Ferro Vitória a Minas em Baixo Guandu.




Segundo a mineradora Vale, a Estrada de Ferro Vitória a Minas, bloqueada ontem, foi liberada na madrugada de hoje, no trecho de Baixo Guandu. O trecho foi bloqueado no início da noite de ontem, por 06 tratores, a mando da prefeitura de Baixo Guandu.  

O prefeito Neto Barros queria que o presidente da Vale se reunisse e apresentasse soluções para conter os danos causados pela onda de lama que se aproxima do Espírito Santo. O rompimento de duas barragens de rejeitos de minério da Samarco, cujos donos são a Vale e a anglo-australiana BHP, aconteceu no dia 05 de novembro e causou uma enxurrada de lama no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, Minas Gerais. A lama vai chegar ao Espírito Santo e afetar o abastecimento de água de Baixo Guandu, Colatina e Linhares.  

A Vale informou que nenhuma viagem foi impactada por causa do protesto. O próximo trem de passageiros saiu da Estação Pedro Nolasco, em Cariacica, às 07 horas. Em Governador Valadares, em Minas Gerais, manifestantes bloqueiam a linha férrea usada pela Vale, no ontem, protestando contra a falta de água na cidade.

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Dilma diz que Samarco será multada em 250 milhões de reais.




A presidente Dilma sobrevoou hoje as áreas afetadas pelo rompimento de barragens de rejeitos de Fundão e Santarém, em Mariana, em Minas Gerais. Em Governador Valadares, a presidente disse que várias legislações federais foram descumpridas e que a Samarco, mineradora responsável pelas barragens, será multada em 250 milhões de reais. 

A presidente informou que, junto com os governadores de Minas Gerais e do Espírito Santo, o governo federal pediu uma equipe permanente da Samarco para atender as necessidades das cidades atingidas. De Governador Valadares, a presidente seguiu para Colatina. O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e o ministro da Educação, Aloízio Mercadante acompanharam a presidente. 


Apesar de a Samarco já ter se comprometido a reconstruir as casas das vítimas atingidas, o governo quer também que a mineradora arque com os custos ambientais e ecológicos decorrentes do rompimento. Segundo o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, as empresas terão de se encarregar de solucionar o problema de abastecimento de água nas cidades às margens do Rio Doce atingidas pela lama. 

Mulher é presa transportando 14 quilos de maconha dentro de ônibus na Serra.




Uma mulher, que não teve o nome divulgado, foi presa com 14 quilos de maconha. O ônibus em que ela estava foi parado e vistoriado pela Polícia Rodoviária Federal, na Serra.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal o destino da maconha era Pontal do Ipiranga, em Linhares. A suspeita recebeu a droga ontem em Porto Santana, Cariacica.

A mulher ganharia a quantia de 500 reais pelo serviço. Ela estava acompanhada do filho menor de idade. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a mulher foi levada para o Departamento de Polícia Judiciária da Serra e o menor encaminhado para o Conselho Tutelar de Laranjeiras.

 

Prefeito de Baixo Guandu ameaça bloquear estrada de ferro da Vale.




O prefeito de Baixo Guandu, Neto Barros, declarou hoje, enquanto aguardava a chegada da presidente Dilma Rousseff a Colatina, que vai bloquear a Estrada de Ferro Vitória a Minas, controlada pela Vale, até que a presidência da empresa se reúna com o governo para apresentar soluções à catástrofe ambiental causada pelo rompimento das barragens da Samarco, empresa que a Vale detém ações.

O rompimento de duas barragens de rejeitos de minério da Samarco aconteceu no dia 05 de novembro e causou uma enxurrada de lama no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na Região Central de Minas Gerais. A lama também vai chegar ao Espírito santo e deve afetar o abastecimento de água de Baixo Guandu, Colatina e Linhares. Neto Barros disse que, até agora, não ouviu nenhum especialista de grandes catástrofes por parte da empresa.


O prefeito de Baixo Guandu enfatizou que a situação trata-se de um crime ambiental gravíssimo da Samarco. Netto Barros disse ainda que a mobilização, no momento, ocorre para minimizar os impactos desse crime ambiental e que os responsáveis pelo crime precisam se manifestar e rápido.

Samarco terá que resgatar peixes do Rio Doce.




Um audacioso plano de resgate da fauna aquática deverá ser colocado em prática pela empresa Samarco antes de a onda de lama e rejeitos de minério chegar ao trecho do Rio Doce no Espírito Santo.  


A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos quer que a mineradora recolha da água a maior quantidade possível de peixes, insira-os em tanques apropriados e, posteriormente, solte-os novamente no Rio Doce, assim que o nível de poluição deixar de ser uma ameaça às espécies.  


O secretário da pasta, Rodrigo Júdice, garante que essa operação é viável, mesmo que uma quantidade mínima de espécies seja resgatada. Estima-se que a enxurrada, que é muito densa, tem se movido a uma velocidade de 01 quilômetro por hora e pode chegar sábado no estado. O prefeito de Baixo Guandu, Neto Barros, e o prefeito de Colatina, Leonardo Deptulski, defendem a viabilidade do resgate dos peixes antes que a onda de lama chegue ao Espírito Santo. 

Empresários descartam fechar lojas de shoppings aos domingos, no Espírito Santo.




A Federação do Comércio de Bens, Consumo e Serviço do Espírito Santo descartou a possibilidade das lojas de shoppings do estado fecharem aos domingos. A estimativa da entidade é que com o fechamento pelo menos 10% dos 10 mil funcionários que trabalham nesses locais percam seus empregos. Além disso, a perda estimada de faturamento é de 02 a 03 milhões de reais semanais.  


O Sindicato dos Empregados no Comércio do Espírito Santo notificou os lojistas para apresentar, em até 10 dias, as vantagens para o trabalhador ao manter os abertos os estabelecimentos no domingo. Caso os patrões não compareçam ao sindicato, a categoria promete acionar a Justiça do Trabalho. 


Para o presidente do Sindicomerciários, Jackson Andrade da Silva, uma boa negociação seria oferecer aos funcionários os mesmos benefícios dos trabalhos aos feriados como 100% de hora extra, o recebimento de 71 reais em espécie, vale alimentação e folga. De acordo com José Lino Sepulcre, presidente da Fecomércio, o assunto será discutido, amanhã, com os sindicatos patronal e de trabalhadores, para assegurar que benefícios serão dados aos funcionários que trabalharem aos domingos nos shoppings do Espírito Santo.

Dilma vai sobrevoar Colatina e cidades afetadas por rompimento de barragem.




A presidente da República, Dilma Rousseff, vai sobrevoar os municípios atingidos pelo rompimento de duas barragens da Samarco que aconteceu na semana passada. O sobrevoo acontece em Colatina, no Espírito Santo, e Mariana, em Minas Gerais. A ação acontece hoje.  

Segundo a Defesa Civil, a lama mais densa, que deverá atingir municípios cortados pelo Rio Doce, no Noroeste do Espírito Santo, ainda não chegou por causa de manobras realizadas nas represas das hidroelétricas de Aimorés, Minas Gerais e Mascarenhas, em Baixo Guandu.  

De acordo com o Coronel Fabiano Bonno, da Defesa Civil Estadual, a nova previsão é de que a "onda de lama" só deve atingir Baixo Guandu no próximo sábado. O abastecimento de água nos municípios de Baixo Guandu e Colatina, ainda não foram suspensos. Em Colatina, acontece hoje o encontro de trabalho, às 13 horas e 40 minutos, no Auditório da Sede da SANEAR, Rua Benjamin Costa, 105, no Bairro Marista.

                                                                                               

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Alexandre Lima é internado e precisa de doação de sangue.




O músico e ex-secretário de Cultura de Vitória Alexandre Lima foi internado hoje com um quadro de pneumonia. A família iniciou uma campanha de doação de sangue para o músico.
Alex estava em tratamento em casa desde abril de 2014, quando recebeu alta do hospital. Agora, ele volta a ser internado, quatro dias antes do evento 'Viva Alex', que reúne amigos músicos em prol do tratamento de Alexandre.
Para ajudar Alex, é preciso ir ao Unihemo, na Reta da Penha, 520, em Vitória, das 07 às 16 horas. Qualquer tipo de sangue será aceito. É preciso dizer que a doação é direcionada a Alexandre Silva Lima.

Buscas por corpos são replanejadas em Mariana, Minas Gerais, por causa de intervenção na barragem de Germano.




O coordenador das operações do Corpo de Bombeiros em Mariana, Minas Gerais, major Rubem Cruz, afirmou que as buscas no distrito de Bento Rodrigues, atingido após o rompimento de duas barragens, estão sendo replanejadas por uma medida de segurança. A Samarco informou que realiza hoje intervenções na barragem de Germano.
                            
De acordo com o chefe das operações, os bombeiros estão sendo realocados para locais mais altos do distrito por causa da intervenção na barragem, já que existe o risco do rompimento. O acesso à Bento Rodrigues está restrito. As buscas no distrito estão terminando e o efetivo será encaminhado para outras regiões afetadas. Por causa da intervenção no dique da barragem de Germano, a corporação está verificando a necessidade de realocar alguns moradores da região.


Segundo a Samarco, a intervenção vai proporcionar mais estabilidade para prevenir “problemas futuros”. O rompimento causou uma enxurrada de lama que destruiu o distrito de Bento Rodrigues e, até o momento, 07 mortes estão confirmadas após a tragédia, mas 03 corpos ainda estão sem identificação. Vinte e uma pessoas seguem desaparecidas: 10 moradores de Bento Rodrigues e Camargos e 11 trabalhadores da Samarco e de empresas terceirizadas. Quatro pessoas foram localizadas com vida: 03 homens e uma mulher.

Casal é morto espancado e filho é abandonado em caixa no Espírito Santo.




Um casal foi assassinado ontem na região de Alto Tancredo, interior de São Roque do Canaã, no Noroeste do Espírito Santo. A Polícia suspeita de um latrocínio. A motivação é uma quantia de dinheiro que as vítimas juntavam para fazer a operação nas pernas do filho, um bebê de 11 meses de idade. As vítimas foram identificadas, como: Neuza Correia Soares Loss, de 42 anos, e Lairto Eloi Loss, de 63 anos. Os corpos foram encontrados no mato, a 30 metros de uma estrada de terra. O local fica a 02 quilômetros da casa onde moravam as vítimas. 

O homem foi morto no paiol da residência e a esposa no jardim. Toda a comunidade tinha conhecimento de que as vítimas estavam arrecadando aproximadamente 15 mil reais para a cirurgia do filho. Um adolescente de 17 anos, suspeito de participar do crime, foi apreendido hoje, e encaminhado para a delegacia de Santa Teresa. Em depoimento à polícia, ele confessou o crime e disse que matou o casal sozinho, mas não convenceu. Os corpos foram encontrados com sinais de espancamento, mas a perícia vai confirmar a causa da morte das vítimas.

O bebê foi encontrado em uma toalha dentro uma caixa seca em um matagal perto da residência. A criança estava debilitada e bastante picada por insetos. Ela foi encaminhada para o pronto-socorro de São Roque do Canaã, e depois para o hospital Silvio Avidos em Colatina. A Secretaria de Estado da Saúde informou que o bebê teve alta na manhã desta quarta-feira.

 

Governo confirma 3º caso de zika vírus no Espírito Santo.




Mais um caso de infecção pelo vírus zika foi confirmado no Espírito Santo. A informação foi divulgada ontem, pela Secretaria Estadual de Saúde. O local de registro da doença ainda não foi informado. Na última semana, 02 casos foram confirmados em Vitória, em uma idosa no bairro Maria Ortiz e em um adolescente que reside em Jesus de Nazareth. 

A doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo vetor da dengue e da febre chikungunya. A confirmação destes casos se deu após a realização de exames laboratoriais. Segundo informações da médica sanitarista Clemilda Marques, trata-se de uma técnica chamada de PCR, que pesquisa diretamente no sangue do paciente a presença de material genético do vírus. 

Esse exame não é feito no Espírito Santo. Os municípios capixabas enviam o material para o Laboratório Central, administrado pela Secretaria Estadual de Saúde, que fica responsável para enviá-lo ao laboratório da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, que é referência no país.

Samarco anuncia que 05 mil funcionários no Espírito Santo e Minas Gerais podem ser demitidos em 2016.




Cinco mil funcionários da Samarco, responsável pelas duas barragens que romperam, na semana passada, em Mariana, Minas Gerais, podem ser demitidos a partir do início do ano que vem. A possível onda de demissão afetaria 03 mil funcionários da mineradora no Espírito Santo e 02 mil em Minas Gerais. 

De acordo com informações da Samarco todo estoque de minério da unidade de Ubu, em Anchieta, deve durar apenas até este fim desta semana, já que toda a mineração da empresa já foi interrompida. Após o término do estoque, os trabalhos da Samarco em Anchieta serão suspensos e os trabalhadores entrarão em licença remunerada.  

A medida vale também para os funcionários da unidade industrial de Germano, em Minas Gerais. Em dezembro, a Samarco vai conceder férias coletivas aos trabalhadores, já que ainda não há prazo para que a empresa retome suas atividades. Caso elas estejam paralisadas ao término das férias coletivas, em janeiro, os 05 mil funcionários serão demitidos.

Avião cai entre Minas e Goiás e mata executivos do Bradesco.




Um jato executivo que pertencia ao Bradesco caiu no início da noite de ontem, próximo à divisa dos Estados de Goiás e Minas Gerais. O avião levava o presidente da Bradesco Seguros e também o vice-presidente do Banco Bradesco Marco Antônio Rossi, e o presidente da Bradesco Vida e Previdência, Lucio Flavio de Oliveira, além de 02 tripulantes, que ainda não tiveram os nomes divulgados. Não houve sobreviventes.  
A Força Aérea Brasileira confirmou a queda da aeronave. O jato Citation 7, de matrícula PT-WQH, com capacidade para 08 passageiros, decolou de Brasília em direção a São Paulo, mas sumiu dos radares do controle do tráfego aéreo 23 minutos depois.  
Segundo informações da Agência Nacional de Aviação Civil, o avião não tinha restrições para voo. A queda ocorreu em uma fazenda situada próxima à divisa dos municípios de Catalão, em Goiás, e Guarda-Mor, em Minas Gerais. O Corpo de Bombeiros de Catalão foi acionado após a queda, e 05 viaturas foram deslocadas para o local do acidente.  

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Lama de barragens da Samarco deve chegar ao Espírito Santo somente na próxima sexta-feira.




Os rejeitos do rompimento da barragem de Mariana, em Minas Gerais, têm uma nova previsão para chegar ao Espírito Santo. Segundo o boletim emitido pelo Serviço Geológico do Brasil, a onda de lama deve chegar a Baixo guandu, na próxima sexta-feira. Já em Colatina, a previsão é que chegue entre sábado e o próximo domingo.

Em Linhares, última cidade a ser afetada pela onda de lama, deve chegar entre a segunda e a próxima terça-feira. O rompimento de duas barragens de rejeitos causou uma enxurrada de lama no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na Região Central de Minas Gerais que vai atingir o estado.


O Ministério Público Federal e o Ministério Público do Espírito Santo obtiveram uma liminar da justiça que obriga a Samarco mineração a fornecer um helicóptero ara sobrevoar a região capixaba do Rio Doce. O Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos informou que a Samarco tem que distribuir água aos moradores e monitorar o rio. A determinação do Instituto é para que a empresa dê todo o apoio necessário aos municípios e aos cidadãos capixabas que forem atingidos pela onda de lama. Em nota, a Samarco informou que está atenta a qualquer repercussão no Espírito Santo e vai colaborar.

Jornalista Sandra Moreyra, da Globo, morre no Rio de Janeiro.




A jornalista Sandra Moreyra, uma das principais repórteres da Globo, morreu hoje, no Rio de Janeiro. Ela tinha 61 anos e lutava contra um câncer. Em outubro, a jornalista anunciou no Twitter que descobriu que estava novamente com câncer. Sandra enfrentava o terceiro câncer nos últimos 07 anos, no mediastino - região torácica perto do esôfago.

Com 40 anos de carreira, Sandra participou de coberturas jornalísticas de importantes momentos do país. Ela cobriu a morte de Tancredo Neves, o Plano Cruzado, o acidente radioativo em Goiânia, com Césio 137, a Rio-92 e a ocupação do Complexo do Alemão. 

A cobertura que a jornalista considerava mais marcante foi o enterro dos mortos na chacina de Vigário Geral, em 1993. A repórter começou a carreira na Globo em Minas Gerais, na década de 1980. Logo depois, voltou para o Rio de Janeiro e passou a fazer reportagens para o RJTV, Jornal Nacional, Globo Repórter e Bom Dia Brasil. Entre 1999 e 2004, ela atuou na GloboNews na parte gerencial e administrativa do jornalismo.


Caminhoneiros mantêm protestos e bloqueiam rodovias.




Caminhoneiros mantêm hoje as paralisações iniciadas na ontem em todo o País. Segundo o líder do Comando Nacional de Transporte, Ivar Luiz Schmidt, que organiza o movimento, os protestos continuam em 09 Estados, com 36 pontos de bloqueio. O movimento pede que o governo atenda a pauta apresentada em março. Eles criticam ainda a atual situação econômica do país. 

Segundo Schmidt, o movimento quer a saída da presidente Dilma Rouseff e conta com o apoio de grupos como o Movimento Brasil Livre e Revoltados Online. O líder dos caminhoneiros reclama ainda da falta de diálogo com o governo e da demora em dar início à negociação. 


O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, determinou que a Polícia Rodoviária Federal aplique multas e, se necessário, use a força para desobstruir rodovias bloqueadas por caminhoneiros do Comando Nacional do Transporte. Um relatório divulgado pela Polícia Rodoviária Federal, às 14 horas desta terça-feira, aponta bloqueios parciais em 36 trechos de 20 rodovias federais em 09 estados: Bahia, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Tocantins.

Ônibus do Transcol cai de ribanceira e deixa passageiros feridos na Serra.




Um ônibus Transcol saiu da pista e caiu em uma ribanceira ontem, na Avenida Norte Sul, na Serra. Dos 40 passageiros que estavam no coletivo, 19 ficaram feridos, mas nenhum em estado grave. Eles foram levados para o hospital Jaime dos Santos Neves para atendimento. 

Segundo testemunhas, o coletivo seguia do Terminal de Laranjeiras para o bairro Serra Dourada quando, ao passar pelo bairro Barcelona, no trecho conhecido pelos moradores como “Tobogã”, foi fechado por um caminhão. O motorista perdeu controle do veículo e caiu na ribanceira. 

A Guarda Municipal da Serra informou que o coletivo bateu em um poste antes de cair e deixou parte dos bairros da área sem luz por algumas horas, mas a Escelsa corrigiu o problema e a situação foi normalizada. O trânsito ficou complicado na região, próximo à Taquara, local aonde o ônibus caiu. O tráfego foi liberado em uma pista de cada lado da via e o trânsito flui devagar, mas sem retenções.

 

Receita abre consulta ao sexto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2015.




Desde ás 09 horas desta terça-feira, dia 10 de novembro, está disponível para consulta o sexto lote de restituição do Imposto de Renda de 2015, que contempla 02 milhões, 107 mil e 191 contribuintes, totalizando mais de 02 bilhões e 300 milhões de reais.  
O lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla também restituições dos exercícios de 2008 a 2014. 
O crédito bancário para 02 milhões, 153 mil e 470 contribuintes será realizado no dia 16 de novembro, totalizando o valor de 02 bilhões e 500 milhões de reais.

Ministro da Integração Nacional participa do Minha Casa, Minha Vida em São Mateus.




O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, estará hoje, às 10 horas, em São Mateus, para a entrega de 1.004 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida. As moradias fazem parte dos Residenciais Village Atlântico, Village Cricaré, Village das Flores, Village Guriri e Village Litorâneo e beneficiam famílias com renda de até mil e 600 reais.  
O investimento total no empreendimento é de 42 milhões e 100 mil reais. Também participam da solenidade o governador Paulo Hartung, o prefeito Amadeu Boroto, o superintendente da Caixa Econômica Federal Adelson Prata e outras autoridades estaduais e municipais e moradores. 
O Programa Minha Casa, Minha Vida já beneficiou mais de 09 milhões e 500 mil pessoas em todo o país com a entrega de 02 milhões e 380 mil moradias. No Espírito Santo, foram entregues 22 mil e 700 unidades habitacionais, beneficiando 90 mil e 800 pessoas.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Professor acusado de racismo em sala de aula é demitido da Ufes.




O professor Manoel Luiz Malaguti Barcelos, foi acusado de ter dado declarações racistas dentro de sala de aula, foi demitido da Universidade Federal do Espírito Santo. A decisão é resultado do processo administrativo disciplinar ao qual o docente respondia por conta das polêmicas declarações. De acordo com a assessoria de comunicação da Ufes, o professor já foi comunicado da decisão e já assinou sua demissão. Ele, no entanto, ainda pode recorrer contra essa decisão na Justiça ou no Conselho Universitário. Segundo a universidade, a punição foi aplicada em conformidade com o Estatuto dos Servidores Públicos, presente na Lei 8.112/1990.
Além do processo relativo às declarações proferidas em sala de aula, que resultou em sua demissão, Manoel Malaguti respondia a outro processo disciplinar na instituição, por ter estacionado seu veículo na frente de uma rampa de acesso a cadeirantes dentro da universidade. A Ufes decidiu, nesse processo, aplicar uma penalidade de 10 dias de suspensão ao professor. Um ano após as polêmicas declarações atribuídas a Malaguti, feitas no dia 03 de novembro do ano passado, alunos da Ufes cobravam uma resposta imediata sobre o caso por parte da instituição que, por sua vez, prometera uma decisão até o fim da semana passada. 
Na última sexta-feira, estudantes da universidade comentavam, pelas redes sociais, sobre a demissão do professor. Entretanto a Ufes, na ocasião, não confirmou a informação, já que ela ainda precisava ser publicada no Diário Oficial. Hoje, a instituição informou que toda a documentação referente ao processo de Malaguti já foi encaminhado para Brasília e a demissão do professor deverá ser publicada no Diário Oficial de amanhã.

Samarco é intimada pelo Iema após rompimento de barragens em Minas Gerais.




O Instituto Estatual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos intimou a empresa Samarco em função dos impactos ambientais e socioeconômicos causados no Espírito Santo pela lama de rejeitos que atingiu o Rio Doce. A determinação é para que a empresa promova todo o apoio necessário aos municípios e aos cidadãos capixabas que forem atingidos pela onda de lama e realize ações que minimizem os impactos ambientais decorrentes da impossibilidade do tratamento de água nos locais afetados, assim como pelo comprometimento de outros usos que são feitos do Rio Doce, como agricultura e pesca, por exemplo. 
Conforme a intimação do Iema, imediamente, a Samarco deve distribuir água potável para consumo humano e dessedentação animal; monitorar a qualidade da água do Rio Doce e também do mar a ser atingido pela lama para verificar a presença de contaminantes e identificá-los.  
A empresa terá ainda que disponibilizar aeronave para sobrevoo dos profissionais envolvidos nas ações preventivas e de mitigação da onda de rejeitos e uma equipe multidisciplinar para monitorar os impactos na fauna, flora, água e para as pessoas, emitindo laudos técnicos para o Iema com informações que ajudem a minimizar os impactos, inclusive, com avaliações de cenários futuros. Após a passagem dos rejeitos, a empresa deve providenciar também a limpeza de toda a área afetada pela lama, enquanto for verificada a presença de poluente. 

Obra do Porto de Vitória vai ser entregue em outubro de 2016.




A conclusão das obras de dragagem e derrocagem do Porto de Vitória e a instalação de um novo Terminal de Uso Privado no Complexo Portuário de Vitória, que será construído no município de Aracruz, foram anunciadas pelo ministro dos Portos, Helder Barbalho, hoje. Com início no mês de maio de 2012, a conclusão estava prevista para dezembro de 2013, o que não aconteceu.

De acordo com o ministro, a previsão é que as dragas cheguem a Vitória até março de 2016, para a continuação plena das obras, que devem ser finalizadas até o dia 03 de outubro do mesmo ano. O novo anúncio foi feito após a definição do Segundo Termo Aditivo do contrato com o consórcio responsável pelas obras. Com o termo, vai haver um investimento adicional de 15 milhões de reais.

O contrato original previa gastos de 85 milhões e 600 mil reais e, com a atualização estabelecida pela legislação, o contrato passa para 109 milhões de reais. A expectativa, segundo o ministro, é que com a dragagem e derrocagem, o Porto aumente sua capacidade de movimentação de cargas em 40%. Para o governador do estado, Paulo Hartung, a apreensão era em relação à necessidade de realizar uma nova licitação. Segundo ele, essa obra é necessária para resgatar linhas marítimas perdidas e ter mais navios nos terminais portuários do estado.

Prefeito diz que vai processar Samarco por possíveis danos da lama em Baixo Guandu.




O prefeito Neto Barros, de Baixo Guandu, informou que vai acionar judicialmente a Samarco, empresa responsável pelas barragens. Segundo ele, a cidade vive um clima ruim e é preciso responsabilizar a empresa para que ela repare os danos que estão causando em várias cidades. Pescadores profissionais vão ter prejuízo e toda população será afetada, além dos danos ambientais causados pela onda de lama. 

 

A assessoria de imprensa da Samarco ainda não comentou as declarações do prefeito Neto Barros. Baixo Guandu é a primeira cidade do Espírito Santo a ser atingida pelos rejeitos das barragens rompidas em Minas Gerais. Ainda devem ser atingidas no estado as cidades de Colatina e Linhares. 



Em Baixo Guandu, as aulas foram suspensas, carros pipa vão para abastecer os locais de maior necessidade, moradores passaram a estocar água e as bombas de captação do Rio Doce foram desligadas. Em Minas Gerais a prefeita de Governador Valadares, Elisa Costa, já decidiu e vai acionar, na justiça, a Samarco. Governador Valadares está sem água. Várias cidades mineiras ficaram prejudicadas com o rompimento das barragens de Bento Rodrigues, em Mariana.

Protesto de caminhoneiros bloqueia rodovias pelo país.




Segundo a Polícia Rodoviária Federal, um protesto de caminhoneiros bloqueia hoje trechos de várias estradas do país. Os atos acontecem na Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. O grupo que participa do movimento foi convocado pelo Comando Nacional do Transporte.  

Os manifestantes são autônomos e se declaram independentes de sindicatos. Eles são contra o governo Dilma, pedem o aumento do valor do frete, reclamam da alta de impostos e da elevação nos preços de combustíveis, entre várias outras questões. O movimento não tem adesão total dos caminhoneiros.  


A Confederação Nacional dos Transportes Autônomos afirmou, em nota, que não concorda com a mobilização, já que a pauta não tem relação com os problemas específicos da categoria. A União Nacional dos Caminhoneiros também informou que discorda dos bloqueios. Em entrevista coletiva hoje de manhã, o ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, afirmou que o movimento tem como objetivo desgastar o governo politicamente.  No Espírito Santo, por enquanto, houve manifestação dos caminhoneiros em Iconha e em Viana.

Lama pode chegar a 01 metro e meio em Colatina, mas prefeitura descarta inundação.




A onda de lama com rejeitos de minério da Samarco pode chegar à cidade de Colatina com altura de até 01 metro e meio. O município deve ser atingido amanhã cedo, e a projeção da prefeitura tem como base dados da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais. O governo do Espírito Santo montou um comitê de emergência para atender as cidades de Linhares, Baixo Guandu, além de Colatina.
O prefeito de Colatina, Leonardo Deptulski afirmou hoje que a cidade não deve atravessar problemas de inundação. A lama, que se desloca pela calha do Rio Doce, atingiu a cidade de Governador Valadares, em Minas, e atingiu pico máximo de 02 metros. A administração municipal prevê que as barragens ao longo da bacia, que estão sendo esvaziadas para conter a onda, ajudem a diminuir a velocidade e a reter parte da lama.

Equipes da Defesa Civil Estadual e Municipal estão percorrendo o Rio Doce, para alertar a população ribeirinha e pescadores. O abastecimento de água tratada na cidade de Colatina vai ser fornecido pelo município de Linhares. 

Pedras rolam e atingem casa e bar na ES-355, em Santa Leopoldina.




Pedras, de aproximadamente 02 metros, rolaram do alto de um morro e atingiram uma casa e um bar na rodovia ES-355, em Santa Leopoldina, na região Serrana do Espírito Santo, por volta de 23 horas de ontem. A Defesa Civil do município interditou o local, no bairro Funil. Ninguém ficou ferido. 

O coordenador da Defesa Civil Municipal, Wagner Pociano, disse que ainda não sabe o que causou o rolamento das rochas, já que no momento não chovia na região. O único morador da residência, por sorte, saiu minutos antes da casa ser atingida e o bar estava fechado. O coordenador disse que esteve no local na manhã desta segunda-feira para avaliar a situação. Parte das pedras que obstruíam a rodovia ES-355, que liga Santa Leopoldina à Santa Maria de Jetibá, já foram retiradas.  

No início da manhã de hoje, uma via estava liberada para passagem de veículos. O Departamento de Estradas e Rodagem do Espírito Santo foi procurado para falar da retirada das pedras da rodovia estadual, mas ainda não se posicionou sobre os trabalhos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...